Monday, March 5, 2007

Capitulo 1

No lado mais brega da galaxia, ao redor de uma estrela pequena e incandescente, existe um insignificante planeta verde- azulado cujos habitantes, estruturas baseadas em carbono e descendentes dos primatas, sao muito infelizes e acham que o relogio digital foi uma grande invencao.
Ja se pensou muito a respeito deste problema e se achou que fosse por conta de uns pedacos de papel com numeros impressos que eles usam pra marcar um curto espaco de tempo chamado dia, mas nao se chegou a uma conclusao definitiva, porque neste caso quem deveria ser infeliz eram os pedacos de papel e nao os humanos.
Algumas pessoas acham que o maior erro da especie era ter descido das arvores, outras acreditavam que o maior erro foi subir nas arvores, e que nem deveriam ter saido do mar, e continuavam infelizes, mesmo as pessoas que tinham relogio digital.
Foi quando quase dois mil anos depois de um sujeito ser pregado num pedaco de madeira, so por dizer que as pessoas deveriam ser legais umas com as outras so pra variar um pouco, que uma garconete na Guatemala, percebeu o que estava errado e entendeu todo o problema e ninguem mais ia ter que ser pregado em lugar nenhum pra isso, ela tinha descoberto a grande resposta, mas ao sair da lanchonete pra contar ao mundo que tudo poderia ser bem melhor, ela fora atropelada por um carro de boi e a ideia se perdeu pra sempre.
Para sempre ate o dia de hoje.


"Pecado `e provocar desejo e depois renunciar"

1 comment:

Camila said...

Amarildo:
Por falta do que fazer, fiz o primeiro comment.
Espero que vc continue sem ter o que fazer, para que eu possa, se não tiver nada pra fazer, ler tudo aquilo que, por tua falta do que fazer, conseguiu proporcionar para aqueles que nada podem fazer se já não sabem o que... ai, chega!